Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
|

Na noite da última segunda-feira, dia 28, uma série de boatos e mensagens nas redes sociais denunciavam que existia da parte dos militares a disposição de tomar o poder naquela mesma noite.

Boato ou não, já se sabe que os militares estão tomando o regime por dentro, tomando conta de uma série de setores e até mesmo de estados, como no caso do Rio de Janeiro.

De qualquer forma, na terça-feira, vários militares vieram a público reforçar a ideia de que eles não querem dar o golpe, não querem assumir o controle do Executivo Nacional.

Pela quantidade de depoimentos, matérias e entrevistas, na verdade, deve-se tirar a conclusão contrária. De que estão, de fato, discutindo o problema.

É o que comprova uma matéria da Folha de S. Paulo, na qual o general Augusto Heleno diz que a semelhança com 1964 é “esse clamor popular pela intervenção militar. É um sentimento que vai crescendo na população que enxerga nos militares a solução para o problema nacional”. O general, que esteve no Haiti, também reforça que os militares não querem isso.

A quantidade de matérias da própria imprensa burguesa sobre o problema revela que, sim, os militares são uma alternativa para a direita golpista, especialmente em um cenário de crise completa, de greves que se anunciam, e a vitória virtual de Lula nas eleições, eleições estas que os golpistas não querem realizar com a presença do ex-presidente.

É preciso ampliar a campanha de denúncia contra os conspiradores militares, que querem, de fato, assumir o poder no Brasil, para levar adiante os planos do imperialismo de arrasar a economia e o patrimônio nacional, missão que Michel Temer não consegue realizar de maneira alguma.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas