Menu da Rede

Anterior
Próximo

General admite que intervenção pode se alastrar para outras secretarias do governo

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

A intervenção por parte dos militares no Rio de Janeiro não ficará restrita ao domínio da Segurança Pública, mas irá, muito em breve, se alastrar para o controle de outras secretarias do governo do estado. Esse não é mais um aviso, mais uma análise desse diário de notícias. São declarações realizadas, nessa sexta-feira, dia 02, pelo próprio interventor federal, o general Walter Braga Netto.

O general Braga Netto até já se reuniu com o governador Luiz Fernando Pezão, do Rio de Janeiro. E acrescentou que o general interventor Richard Nunes, atual secretário estadual de Segurança é quem ficará encarregado dessa operação que será realizada: já nos próximos dias!

Também nesse dia 02, o general Braga Netto condecorou 157 soldados no Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, na ilha das Cobras.

Embora, como todos bem sabem, os direitos dos trabalhadores estão sendo cortados na carne, desde o afastamento de Dilma Rousseff, com desculpa de faltas de verbas. Braga Netto disse que a parte de recursos seria sua responsabilidade “para pedir recursos para a intervenção eu tenho que mapear” e que isso será feito o rápido possível.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

2016, Não vai ser na lei, vai ser na marra - Arquivo 29

64 Visualizações 48 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend