Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A intervenção por parte dos militares no Rio de Janeiro não ficará restrita ao domínio da Segurança Pública, mas irá, muito em breve, se alastrar para o controle de outras secretarias do governo do estado. Esse não é mais um aviso, mais uma análise desse diário de notícias. São declarações realizadas, nessa sexta-feira, dia 02, pelo próprio interventor federal, o general Walter Braga Netto.

O general Braga Netto até já se reuniu com o governador Luiz Fernando Pezão, do Rio de Janeiro. E acrescentou que o general interventor Richard Nunes, atual secretário estadual de Segurança é quem ficará encarregado dessa operação que será realizada: já nos próximos dias!

Também nesse dia 02, o general Braga Netto condecorou 157 soldados no Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, na ilha das Cobras.

Embora, como todos bem sabem, os direitos dos trabalhadores estão sendo cortados na carne, desde o afastamento de Dilma Rousseff, com desculpa de faltas de verbas. Braga Netto disse que a parte de recursos seria sua responsabilidade “para pedir recursos para a intervenção eu tenho que mapear” e que isso será feito o rápido possível.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas