Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Você ainda acredita em centro, centro-esquerda? Que polarização política só existe na cabeça de alguns maldosos?

Em menos de dez dias que a bancada do PDT, de Ciro Gomes, votou a favor da intervenção militar no Rio de Janeiro, temos agora uma declaração de amor às Forças Armadas vinda de Fernando Gabeira.

O jornalista global Fernando Gabeira, membro-fundador do Partido Verde, ex-partido que Marina Silva (aquela que apoiou Aécio Neves, que foi dispensado até pelo próprio partido) também já partilhou. Gabeira tem em seu currículo participação em movimentos de guerrilha.  Mas, e daí? Seria mais um “sou de esquerda, mas ninguém acredita”? Frase dita por Fernando Henrique Cardoso em 2014.

Declarou Gabeira: “não tenho o direito de encarar o Exército com os olhos do passado, fixado no espelho retrovisor. Além de seu trabalho, conheci também as pessoas que o realizam.” Ganhando aplausos de Eduardo Villas Bôas: “artigo muito sensato do Jornalista @gabeiracombr. É chegada a hora de parar de procurar em cada ação desencadeada pela Força Terrestre uma oportunidade de crítica inconsistente e de base ideológica ao @exercitooficial”, foram as palavras do general satisfeito em seu twitter. Que, por sua vez, é o mesmo general que disse, em entrevista ao BBC, em novembro de 2017: “sempre vêm lembranças relativas ao período de 1964… O Exército continua o mesmo daquele período, com os mesmos valores, os mesmos princípios, os mesmos objetivos” (grifo nosso)

A Globo, para quem Gabeira trabalha, também é a mesma de 64. Que no dia 2 de abril de 1964 publicou o editorial que celebrava a implantação da ditadura militar, que durou 21 anos; “unir-se todos os patriotas, independentemente de vinculações políticas, simpatias ou opinião sobre problemas isolados”.

Sem verniz; de um lado estão os trabalhadores, do lado oposto estão os golpistas, sendo parte deles o monopólio da mídia. Os queridinhos da grande mídia são, na prática, inimigos do povo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas