Fux afirma que Lula não será candidato

Fux

Da redação – O ministro Luiz Fux, como golpista que é, afirmou nesta terça-feira, 14, que os candidatos condenados em segunda instância são considerados inelegíveis, referindo-se diretamente ao ex-presidente Lula (PT).

No último instante de sua presidência golpista no TES, o ministro traz o critério de inelegibilidade previsto na Lei da Ficha Limpa, porém, o critério de cumprimento do Trânsito em Julgado o juiz deixou de lado. A declaração do também ministro do STF se deu em uma sessão da Corte golpista.

“Não quero pessoalizar. Eu sempre afirmei que candidato condenado em segunda instância é inelegível, portanto não pode atuar como candidato passível de ser eleito”, disse Fux.