Futebol brasileiro dribla Conmebol e adversários e vence em competições do continente

commebol

Contra tudo e contra todos, o Brasil segue mostrando ao mundo e principalmente aos adversários e inimigos que aqui por estas terras ainda se pratica o melhor futebol do mundo. Mesmo tendo que enfrentar adversários fora das quatro linhas, o futebol brasileiro é, incontestavelmente, o melhor do mundo. E é isso que já há algum tempo vem tirando o sono dos inimigos do nosso futebol.

Um exemplo desta situação é a Copa Libertadores, a principal competição de clubes sul-americanos, título cobiçado por todos que participam da dificílima disputa. A atual temporada do torneio está na fase de quartas de final e o Brasil conta com 3 representantes. Grêmio, Cruzeiro e Palmeiras. As partidas de ida foram realizadas no meio da semana, registrando duas vitórias dos times nacionais. O Grêmio visitou o Atlético Tucuman e derrotou o time argentino pelo placar de 2 x 0, praticamente assegurando a vaga para uma das semifinais. A segunda partida – em Porto Alegre – está marcada para o dia 02 de outubro onde o time gaúcho entra em campo com a excelente vantagem de dois gols. O time brasileiro só deixa de avançar às semifinais se for derrotado por uma diferença superior a dois gols e, convenhamos, isso é quase que impossível, considerando o fator campo e também a incontestável superioridade técnica do representante brasileiro.

Outro clube brasileiro que praticamente assegurou a classificação às semifinais foi o Plameiras. O “Verdão” foi até Santiago para enfrentar os chilenos do Colo-Colo e voltou com um espetacular resultado na bagagem. O time dirigido por “Felipão” não tomou conhecimento do adversário e da torcida – que lotou o estádio nacional da capital chilena – e foi logo marcando aos três minutos de partida, num bonito gol de Bruno Henrique. Rodrigues fechou o placar aos 33 do segundo tempo dando números finais à partida. Esse resultado praticamente garante o time paulistano como um dos semifinalistas, pois irá realizar a segunda partida em seus domínios, diante de sua numerosa torcida, que sempre comparece em massa ao estádio. A vantagem obtida fora de casa deixa o Palmeiras em excelente condição para assegurar a vaga. A partida de volta está marcada para o dia 03 de outubro.

A tarefa mais difícil está reservada para o Cruzeiro, que foi escandalosamente prejudicado pela arbitragem na partida contra os argentinos do Boca Juniors. O resultado de 2 x 0 deixou o time mineiro com a obrigação de descontar a vantagem do time portenho. O Cruzeiro tem mais time, é tecnicamente superior ao adversário e é perfeitamente possível reverter a desvantagem jogando em casa, com o maciço apoio de sua torcida. O time não poderá contar com o zagueiro Dedé, expulso de forma totalmente injusta na partida de ida, num episódio que envergonhou o futebol sul-americano e também mundial. A segunda e decisiva partida está marcada para o dia 04 de outubro, em Belo Horizonte-MG.

Em uma outra competição igualmente importante do continente, a Copa Sul-Americana, o Fluminense foi até a altitude (2.800 metros) de Quito, capital equatoriana para enfrentar o Deportivo Cuenca e de forma heróica, derrotou os anfitriões pelo placar de 2 x 0. É sempre muito difícil enfrentar times acostumados com o ar rarefeito das altitudes. No final da partida era visível o esgotamento dos jogadores do time brasileiro, que precisaram de oxigênio para normalizar a respiração. Com o ótimo resultado obtido fora de casa, o Fluminense está muito próximo da classificação à próxima fase, as quartas de final. A partida de volta está marcada para o dia 04 de outubro, no Maracanã.