Siga o DCO nas redes sociais

Enganação.
Fundação Renova: instrumento das mineradoras para enganar a população
A Fundação Renova é mais um instrumentou da burguesia para aniquilar o povo pobre.
brumadinho-5
Enganação.
Fundação Renova: instrumento das mineradoras para enganar a população
A Fundação Renova é mais um instrumentou da burguesia para aniquilar o povo pobre.
O total descaso às famílias do crime ambiental das barragens de Brumadinho.
brumadinho-5
O total descaso às famílias do crime ambiental das barragens de Brumadinho.

O rompimento das barragens de Mariana e Brumadinho são crimes ambientais que se encontram abafados pela imprensa e por todos os interessados da burguesia, e de conjunto a extrema direita e os latifundiários, que não têm interesse nenhum de elucidar esse crime que já atingiu a marca de centenas de pessoas mortas, nem fornecer qualquer amparo social ou financeiro às famílias.

A Samarco, a Vale e a JBH Billion criaram a fundação Renova, que foi constituída desde o acidente de Mariana, em 2016, e que até hoje não resolveu nenhum problemas das famílias afetados pelo crime ocorridos.  As famílias esperam até hoje por ajuda indenizatórias, esperam por um abrigo, esperam por estabelecimentos de seus empregos nada foi feito.

No fim das contas, a Renova é um mecanismo de proteção para resguardar os responsáveis da barragem, conservando, dessa forma, a reputação das empresas criminosas, que até a data de hoje não foram punidas. A Renova não fez seu papel, não indenizou as famílias em sua totalidade, e mesmo as que foram indenizadas, o foram por valores muito inferiores ao necessário, isso porque a burocracia montada por trás dessa fundação dificulta o acesso da população a qualquer vistas indenizatórias, fora que a participação dos atingidos pelo desastre não consegue ter acesso a essa tal fundação.

Um crime que contaminou um dos rios mais importante do Brasil, o Rio Doce, que serve de abastecimento de água da cidade ,de várias comunidades de pescadores da região que vivem da pesca de dentro do rio e também da pesca da foz que foi atingida inviabilizando o uso desse Rio, por estar completamente contaminado e afetando diretamente a população ribeirinha.

Dentro de toda essa realidade a demagogia impera, eis que surge a Fundação Renova criada pela Samarco, Vale e JBH Billiom para gerir os recursos da compensação das multas. Já se passaram quase 4 anos e essa fundação gerou mais de três bilhões que deveriam ser repassados para essas famílias, mas a fundação burocratizou e impede que as famílias que foram atingidas pelo crime ambiental, tenham acesso ao dinheiro.