Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
MPF-acordo-petrobras
|

Nota Oficial do Partido da Causa Operária

A força-tarefa da Lava-Jato decidiu criar um fundo com 2,5 bilhões arrancados da Petrobras, que seria gerido pelo Ministério Público Federal do Paraná.

A criação da fundação surgiu de um acordo firmado entre Estados Unidos e a Petrobras. A empresa, acusada pelas autoridades norte-americanas de fraudar o mercado de ações, seria obrigada a pagar multas altíssimas ao Departamento de Justiça dos EUA. Em lugar disso, acordaram que 80% desse dinheiro seria revertido para a criação de uma fundação no Brasil com o objetivo de combater a corrupção.

Em contrapartida a Petrobras será obrigada a repassar informações confidenciais de seus negócios para os EUA, que terá poder até mesmo sobre a formação da diretoria da empresa.

Não é a primeira vez que o MPF tenta se apropriar do dinheiro oriundo dos processos da Lava Jato. Em 2016, tentaram se apropriar dos valores pagos por Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, o que, na ocasião, foi barrado pelo ministro do STF Teori Zavascki.

O Partido da Causa Operária considera essa uma operação criminosa.

Primeiramente, a criação de tal fundação abriria precedentes que simplesmente minariam o que resta da Justiça no País. A partir desse modelo, qualquer juiz que apreendesse dinheiro oriundo de drogas ou qualquer outra atividade ilícita poderia abrir uma fundação e se apropriar do dinheiro.

Nesse caso, trata-se de uma fundação privada em acordo com a Justiça norte-americana, o que é uma ingerência nos assuntos do País. Tal fundação serviria para extorsão política no Brasil a serviço dos Estados Unidos.

Está claro que a própria Operação Lava Jato, além de servir de base para o golpe que derrubou Dilma Rousseff em 2016, tinha por finalidade servir aos interesses norte-americanos. A prova: entrega do petróleo brasileiro aos monopólios norte-americanos e ingleses, destruição da Petrobras e agora o acordo explícito de subserviência da empresa brasileira aos norte-americanos, que passariam a controlar a empresa.

Mas a Petrobras não é a única empresa na mira dos norte-americanos. Vários outros setores foram atacados, como o da carne. A partir dessa fundação, os Estados Unidos teriam ainda mais poder para agir dentro do país a serviço de seus interesses.

Essa fundação, independente das instituições, seria uma operação mafiosa para extorsão de políticos, empresários e dos brasileiros em geral, assim como tem sido a Operação Lava Jato, favorecendo os interesses políticos, econômicos e militares dos EUA e enriquecendo seus testas de ferro no Brasil.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas