Frango-Foto-ANPr-SINDIAVIPAR-Fotos-Públicas
|

Da redação – Cascavel só perde para Curitiba em relação ao número de acidentes e doenças do trabalho no estado do Paraná, conforme Observatório Digital de Saúde e segurança do trabalho (ODSST), órgão do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Em 2017, o município registrou 7,9% dos casos de acidentes de trabalho no Paraná, pouco menos que os 11% registrados na capital, Curitiba.

De acordo com o Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho do Paraná, isso coloca a cidade na segunda posição no estado em relação ao número de mortes do tipo no período. Em 2018, somente em Cascavel, oito trabalhadores morreram por acidentes de trabalho.

Um dos principais responsáveis pela enorme quantidade de acidentes e doenças do trabalho, tanto em Cascavel quanto em diversas cidades da região oeste do estado do Paraná são os frigoríficos.

Conforme os dados, esse setor da indústria é responsável por 35,1% dos registros de acidentes de trabalho e a taxa de mortalidade no Paraná, em decorrência das péssimas condições em que os trabalhadores são submetidos na produção, entre 2012 a 2017, a relação é de cerca de cinco para cada 100 mil trabalhadores.

O abate de suínos, de aves e outros pequenos animais nos frigoríficos, resultaram em 1.543 acidentes de trabalho em Cascavel.

Relacionadas