Frigorífico Milano, de São Caetano está atrasando o pagamento dos salários

frigo

Com cerca de 50 funcionários, o frigorífico Milano, localizado no bairro Santa Paula, em São Caetano do Sul vem praticando várias irregularidades contra seus funcionários.
Os patrões, quando chega a data do pagamento dos salários, sempre arrumam desculpas e nós (funcionários) não recebemos um único centavo, e devido a essa situação, quando vamos pagar nossas dívidas, o aluguel entre outras coisas temos que pagar com juros, no entanto o pagamento não vem com multa pelo atraso, isso vem ocorrendo com frequência.

Os trabalhadores devem receber suas férias dois dias antes em que sairá em férias e, acrescidos de 1/3 do salário das férias, mas no caso dos trabalhadores do frigorífico Milano, as férias estão sendo pagas bem depois de o funcionário ter voltado ao trabalho.
Outra irregularidade que ocorre no Milano é o de não depositar o Fundo de Garantia por tempo de Serviço (FGTS), quando os trabalhadores vão retirar o extrato para conferir em suas contas, não há nenhum depósito.

Conforme os trabalhadores relataram ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carne, Derivados e do Frio, no Estado de São Paulo, há uma choradeira constante, dos patrões, no entanto, a produção não para um instante sequer.
A direção do Sindicato dos Frios já acertou com os operários do Milano, reunião na próxima semana para discutir as questões denunciadas e tomar decisões para resolver o problema.