Siga o DCO nas redes sociais

Acidentes de trabalho
Frigorífico Aurora completa 50 anos de péssimas condições de trabalho
Os trabalhadores em frigoríficos sofrem com as péssimas condições de trabalho, os patrões fazem acordo, não cumprem e são multados
abate de frango - 02-05-2019
Acidentes de trabalho
Frigorífico Aurora completa 50 anos de péssimas condições de trabalho
Os trabalhadores em frigoríficos sofrem com as péssimas condições de trabalho, os patrões fazem acordo, não cumprem e são multados
Abate de frangos em frigorífico.
abate de frango - 02-05-2019
Abate de frangos em frigorífico.

Em 2019, a Cooperativa Central Aurora completa 50 anos, este conglomerado, que tem hoje mais de 28 mil trabalhadores, sendo a maior parte instalada nas cidades de Santa Catarina, porém, existem várias unidades espalhadas pelo país, inclusive com centros de distribuição.

O conglomerado industrial da Cooperativa Central Aurora tem um dos maiores parques industriais do setor de carnes do Brasil e, também, um dos maiores responsáveis pelos graves acidentes e doenças aos seus funcionários e, assim como nos demais frigoríficos, os patrões procuram sempre esconder tamanha tragédia, ou seja, gastar com proteção e segurança não são importantes, o lucro, sim.

No mês de maio, um dos frigoríficos da Cooperativa Aurora, o de Sarandi, localizado nesse município do Paraná, foi interditado devido a várias irregularidades constatadas pelo Ministério Público do trabalho (MPT).

O tratamento escravo é permanente

A investigação se deu com o propósito de verificar se as exigências de uma investigação realizada anteriormente tinham sido solucionadas e, o que os fiscais notaram, foi o aumento das irregularidades. Foram anotadas 21 irregularidades. São elas:

1 – Atividades de insensibilização (atordoamento)

2 – sangria

3 – corte no setor de espostejamento

4 – arquear paleta

5 – serrar a ponta do carré (bisteca) – arremesso de peça de cinco quilos para chute do outro lado da esteira –

6 – serrar a ponta da costela especial (arremesso para a linha do meio)

7 – preparar/limpar sobrepaleta

8 – desossar o pernil

9 – atividades de movimentação de cargas nos diversos setores

10 – movimentação manual de cargas com praleteiras manual nos diversos setores

11 – empurrar cargas nos diversos setores

12 – máquina de montagem de caixas de papelão

13 – quatro máquinas de serra-fita do setor de espostejamento

14 – máquina de beneficiamento de tripas

15 – desbobinadeira de tripas

16 – centrífuga de estomago na sala de cozimento

17 – misturadeira na sala de preparação de massas

18 – abertura chute para descarte de produtos com alterações sanitárias

19 – Túnel de escaldagem

20 – atividade de serrar carcaça no abate limpo

21 – atividade de retirar cabeça e pé no abate limpo

No frigorífico sequer tinha chuveiro para os funcionários tomarem banho e tinham que cumprir horários muito acima dos que são estipulados pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), ou seja, de oito horas diárias.

No mês de setembro, apesar dos donos da Cooperativa Central Aurora terem se comprometido a solucionar os problemas através de um acordo de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), o que houve foi o completo desprezo quanto à sua regularização, tendo sido multados em cerca de um milhão e cem mil reais.

Para os patrões do Aurora, não importam as péssimas condições de trabalho de seus funcionários, desde que o lucro aumente e o volume de suas contas bancárias aumente cada vez mais.