Siga o DCO nas redes sociais

Frente Única da esquerda pequeno-burguesa e o imperialismo contra a Venezuela
Frente Única da esquerda pequeno-burguesa e o imperialismo contra a Venezuela

Assista ao trecho específico da Análise Política da Semana sobre os erros da esquerda pequeno-burguesa quanto a Venezuela que a colocaram ao lado do imperialismo no link a seguir:

“Chegamos a um ponto em que os setores de esquerda que falam que o Maduro é um ditador e deve ser derrubado, seguindo a Folha de São Paulo, entraram em uma situação de Frente Única direta com o Imperialismo Norte Americano para uma invasão militar da república bolivariana ou para um golpe militar.

Há várias organizações de esquerda que pedem a derrubada de Maduro, fazendo de conta que o principal instrumento da eventual derrubada deste governo não seria o imperialismo estadunidense, um posicionamento realmente absurdo. Quando na realidade, agora está claro, que o imperialismo com a ajuda dos governos lacaios dos países vizinhos da Argentina, Colômbia e Brasil se prepara para uma ação militar contra a Venezuela.

Todos aqueles que lutam em defesa da classe operária e contra o imperialismo mundial devem se colocar ao lado da Venezuela, não pode haver nenhuma dúvida quanto a isso aí. Não estar ao lado da Venezuela é estar ao lado dos imperialistas, sendo a defesa da Venezuela uma defesa do governo Venezuela contra o Imperialismo. Nesse sentido, ninguém é obrigado para defender Maduro, estar totalmente de acordo com seus governo. Infelizmente, a esquerda é muito confusa com relação a este problema.

O deputado do PSOL Jean Willys e uma parte expressiva deste partido querem a queda do Maduro, acabando sem se dar conta no comboio Norte Americano. O PSTU e várias outras organizações de esquerda fizeram a mesma coisa.
A situação venezuelana está mostrando a necessidade de se ter uma posição clara sobre o problema do Imperialismo, o problema da América Latina não é entre a democracia e a ditadura em abstrato. Isto é uma coisa altamente abstrata e manipulável, sendo uma arma contra o povo latino. A ofensiva contra a Venezuela é baseada na defesa da democracia, o que é uma farsa, pois a democracia que os norte americanos irão impor lá esmagará a esquerda, provavelmente a prendendo. O petróleo venezuelano será entregue para as grandes companhias estrangeiras, os programas sociais serão extintos e a população ficará desprotegida perante os ataques da burguesia, sendo tudo isto a democracia que o imperialismo propõe.

Ao contrário, a ditadura de Madura é a defesa do povo contra todos os ataques que serão feitos pelo imperialismo. Mesmo que o conjunto de medidas seja limitado e não sendo socialista, é algo muito distinto de uma real ditadura que é o imperialismo quer dar a entender.

A situação da Venezuela é o problema que deve ser considerado como fundamental por toda a esquerda internacional, infelizmente devido a uma série de fatores como os ataques esquerdistas feitos a Maduro, não há uma campanha política enérgica em defesa da Venezuela. Devemos chamar todos os setores para se mobilizar, mostrando que a questão venezuelana está intimamente ligada ao golpe no Brasil.”

Contribua com a Causa Operária TV para que haja uma programação melhor, com mais qualidade visual e mais diversidade de conteúdos. A Causa Operária TV é um esforço do PCO, que se receber apoio dos demais pode ficar cada vez maior.

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/contribua-com-a-causa-operaria-tv-fevereiro