Frente Nacional de Luta (FNL) fará marcha pela liberdade de Lula no próximo dia 21

fnl

A Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL), organização popular liderada por José Rainha, fará marcha em defesa do ex-presidente Lula, exigindo sua liberdade e seu direito de ser candidato.

A marcha, que pretende agrupar centenas de militantes, terá início no dia 21 do mês de maio, percorrendo aproximadamente 600 quilômetros dentro do estado de São Paulo – sairá de Presidente Prudente até a capital paulista.

Veja abaixo o material divulgado pela FNL:

MARCHA NACIONAL PELA LIBERDADE DE LULA E A DEMOCRACIA

No dia 21 de maio a FNL (Frente Nacional de Luta Campo e Cidade) estará realizando uma grande marcha com 500 militantes vindo de 11 Estados a onde a FNL está organizada PA, AL, SE, PE, BA, MG, GO, DF, SP, MS e MT. Os militantes sairão da Cidade de Presidente Prudente no Pontal do Paranapanema Região Oeste do Estado de São Paulo vão marchar cerca de 600 Km, aproximadamente 40 dias com os pés no asfalto, até chegar à capital São Paulo. Nosso objetivo além da Liberdade de Lula e fazer o debate político com a sociedade nas Cidades onde a Marcha passar, entendemos que sem a participação da sociedade em grandes mobilizações a direita fascista vai dar o Golpe Militar, levando o nosso Pais mais uma vez a mergulhar na escuridão.

A nossa luta é para denunciar os abusos do poder Judiciário que mandou prender o Presidente Lula sem ele ter cometido nenhum crime, exigir sua liberdade e defender a democracia. Lula é um Homem digno, honesto de caráter e muita moral, Lula foi o melhor presidente que o Brasil já teve em toda nossa história, está preso condenado sem prova, seu crime? Foi tirar milhões de brasileiros da extrema miséria que não tinha direito de comer e morar com decência, criou a Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Pro-Une, colocou o Brasil no senário Internacional com competividade com os países de primeiro Mundo. Não ficou de joelho para os Americanos como FHC e sua Atucanada.

A burguesia e o imperialismo não aceitaram que um torneiro mecânico, nordestino sem formação acadêmica voltasse a comandar o Maior País da América do Sul, pois foi este retirante Nordestino que enterrou a ALCA (Área do Livre Comércio das Américas), e foi peça fundamental na criação do BRICS – Acrônimo que se refere aos países membros fundadores (Brasil, Rússia, Índia e China). A eleição deste homem novamente, derrotaria de uma vez por todas os planos imperialista e com isso iniciaram um golpe, utilizando seus vassalos no congresso Nacional, no Judiciário e na Mídia.

Depois do Golpe deflagrado pela Burguesia reacionária e fascista que destituiu o Governo democrático popular da Presidenta Dilma, que foi eleita com mais de 50 milhões de voto em 2014, o Brasil vive uma das suas piores crises, política, ética e moral de sua história, O governo fascista de Michel Temer que assumiu depois do Golpe, está entregando de graça ao Imperialismo Americano todo nossas Empresas Estatais , Petrobras, Eletrobrás, Caixa Econômica Federal, Branco Brasil e pelo visto a Amazônia também será entregue de graça aos Americanos.

Estamos vivendo a Judicialização, a vara da justiça Federal de Curitiba comandada pelo Fascista Juiz Sergio Moro, é igual a base de Guantánamo (base militar Americana em Cuba) que manda prender tortura, matar sem prova, e os acusados só tem o direito de ficar calado. Claro os presos condenados são petistas, sem-terra, negros, pobres e todos excluídos que vivem nas periferias das Cidades grandes. A nossa constituição Federal foi rasgada e jogada no Lixo pelos Judiciário Reacionário, que determinou que réu condenados em segunda instância devem cumpri pena em regime fechado, contrariando o que diz constituição: “Inciso LVII do Artigo 5 da Constituição Federal de 1988 Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: LVII – ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória. É simples, a Constituição é para ser cumprida e não interpretada.

Conclamamos a todos e a todas a nos somar nesta GRANDE MARCHA PELA LIBERDADE DO PRSIDENTE LULA E DEFESA DEMOCRACIA. Exigimos a liberdade de todos os presos político, o fim da perseguição política, o fim do Lava Jato, anulação da “Reforma Trabalhista”, uma Reforma Agraria que possa assentar os milhares de sem terras que hoje vivem às margens das estradas esperando a desapropriação dos latifúndios Improdutivos.

Abaixo o Golpe e a intervenção Militar.

MARCHA NACIONAL

FNL – Frente Nacional de Luta Campo e Cidade

TERRA, TRABALHO E LIBERDADE”