Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
5ef5ef617bbd38a8927b8bd7b307f0a9-1
|

Os partidos da enganosa “frente democrática” (ou melhor, frente abutre), PDT, PCdoB e PSB, se reuniram na noite de ontem (15) para discutir o apoio a Rodrigo Maia (DEM) para a eleição da presidência da Câmara dos Deputados.

Não houve um consenso. PDT e PCdoB, como já haviam apontado, não abriram mão de apoiar o golpista de extrema direita. Já o PSB, devido a motivos próprios de seus acordos interesseiros, afirmou – ao menos publicamente – que não apoiará Maia, porque ele é o candidato  do PSL de Bolsonaro. Trata-se apenas de demagogia, mas isso evidencia o quão baixo está o nível dos outros partidos da frente abutre.

No último sábado (12), em decisão coletiva, o PDT já havia escolhido apoiar Rodrigo Maia para a presidência da Câmara dos Deputados. Assim, o partido que tenta enganar e cooptar o movimento popular dizendo-se de “esquerda”, fará uma aliança com o PSL do fascista Jair Bolsonaro, que também irá apoiar Maia.

Da mesma forma, o PCdoB, por meio da sua presidenta, Luciana Santos, também havia declarado publicamente que apoiaria Maia, como já apoiou outras vezes. É uma aliança direta com Bolsonaro é o governo de extrema direita.

Rodrigo Maia é um dos principais representantes da burguesia e do imperialismo na política nacional, pertencendo ao partido herdeiro da Arena (organização que dava sustentação institucional à ditadura militar). Dentro do Congresso Nacional, foi um dos articuladores fundamentais do golpe de Estado e apoiou a eleição fraudulenta de Jair Bolsonaro à presidência da República.

Ou seja, é um representante da extrema-direita e da tendência fascista da burguesia, justamente por isso é o candidato da direita para a reeleição na Câmara.

O PDT, junto com PCdoB e PSB, vem tentando isolar o PT no Congresso com a formação de uma “frente democrática” artificial, que serve apenas para tentar canalizar a luta contra o golpe e pelo “Fora Bolsonaro” para o âmbito institucional que, como eles sabem perfeitamente, não levará a lugar nenhum que não seja a derrota acachapante dos trabalhadores.

Dizem que serão oposição a Bolsonaro, mas, como eles mesmos reconheceram, apoiarão o governo no Congresso em temas que sejam de interesse comum. Isso demonstra, mais uma vez, como tal “esquerda” está, na realidade, alinhada ao golpe e ao bolsonarismo.

É preciso lembrar ainda que o PDT é um partido que, além de ter apoiado o golpe do impeachment, apoiou a criminosa intervenção militar no Rio de Janeiro (que serviu como um treinamento para um golpe militar a escala nacional, caso necessário). Durante as eleições, três dos quatro candidatos do PDT que disputaram governos estaduais declararam apoio a Bolsonaro contra o PT no segundo turno das presidenciais.

E, para terminar, o cacique do partido, Ciro Gomes, apoiou na prática Bolsonaro contra o PT também no segundo turno. Já no primeiro turno, Gomes serviu apenas para tirar votos do PT, tentando ainda se apresentar como um candidato viável para a burguesia golpista.

Já o PCdoB, tem um longo histórico de acordos com a direita. Basta lembrar das eleições de 2018, quando o partido traiu o PT ao deixar a coligação depois de 30 anos, exatamente no momento em que o PT estava sendo trucidado pela direita a fim de que não vencesse as eleições. Tentou empurrar a todo o custo a candidatura de Ciro Gomes no lugar de Lula e, mesmo quando oficializou o apoio ao PT, conseguindo a candidatura de vice para Manuela D’ávila, na prática não prestou um apoio concreto contra a direita.

Todos esses fatos provam, de maneira definitiva, que a “frente abutre” não passa de uma farsa para, na prática, apoiar o governo de extrema-direita e a continuidade do golpe, mantendo Lula preso e impedindo como for possível a mobilização dos trabalhadores, que é a única maneira de derrotar a direita.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas