Fraude eleitoral coloca Bolsonaro no poder: organizar imediatamente a 2ª Conferência contra o golpe

Não existe nada que explique a vitória de Bolsonaro que não seja a fraude eleitoral, que pode ser resumida nas seguintes atividades fraudulentas:

  1. Foram quase quatro milhões de títulos foram cancelados, antes das eleições, em virtude da biometria. Esses títulos são, em sua esmagadora maioria, de gente pobre e sem recursos para resolver o problema junto à justiça eleitoral.
  2. Lula foi preso ilegalmente em abril deste ano. Essa, certamente, a maior fraude das eleições. Lula foi preso e com ele dezenas de milhões de votos. Até hoje Lula está preso.
  3. Centenas de bandeiras foram recolhidas em atos em defesa de lula no Rio de Janeiro e em outros estados, impedindo as campanhas políticas em defesa de Lula, antes mesmo das eleições.
  4. Não bastasse tudo isso, mais de 2 mil candidatos impugnados, ou seja, tiveram seus requerimentos de candidatura negado pela justiça eleitoral; tiveram seus direitos políticos cassados.
  5. Repressão à internet e ao direito à manifestação ficou a cargo das fake news que, decididas pelo Tribunal Superior Eleitoral, foram banidas das redes, e ninguém sabe ao certo qual o critério para essa caçada ao direito à informação.
  6. Já perto do 2º turno das Eleições, ocorreram invasões de mais de 30 universidades e apreensão de material, em uma clara medida de perseguição política.
  7. No próprio domingo do 2º turno, quase 5 mil urnas trocadas no início da votação por conta de problemas técnicos. As quebradas ou as novas, ninguém pode apurar a lisura dessas urnas, nem mesmo se não vieram com votos já.
  8. Votos divulgados somente após as 19h. Com quase 80% das urnas apuradas, ninguém sabia quantos votos tinham Bolsonaro ou Haddad, somente após as 19hrs é que os votos foram divulgados, com vitória quase imediata de Bolsonaro.
  9. Urnas eletrônicas. Essas ninguém consegue atestar que são invioláveis. Vários países não utilizam esse artifício porque é pouco o controle que se tem; não é possível recontar os votos, etc. É uma fraude ambulante.

Assim, não adiantou a cegueira com as eleições por parte da esquerda. Para derrotar a direita é preciso se organizar a 2ª Conferência Nacional de Luta contra o Golpe, que é um evento feito justamente para isso.