Fraude até nos EUA? Acompanhe as eleições de meio de mandato no Diário da Causa Operária

Desteny Martinez, 18, votes for the first time, in the U.S. congressional and gubernatorial midterm elections in Norwalk

Hoje, iniciaram as eleições de meio período nos Estados Unidos. As eleições podem definir o futuro do Governo Trump. Coisa que só se poderá saber no final do dia.

O governo de Donald Trump é contraditório com os interesses da principal ala do imperialismo norte-americano. Por isso, ao longo de seu governo foi alvo de uma dura campanha do imperialismo, liderada pelo partido Democrata, já que Trump é do partido Republicano.

Porém, a crise na burguesia norte-americana é expressa inclusive dentro dos Republicanos, que só não aparece explicitamente por conta da crise que geraria na ditadura bipartidária da “democracia” norte-americana.

As eleições podem ser a oportunidade de ouro da ala de oposição se fortalecer e aprovar o processo de Impeachment do presidente Trump no congresso.

Entretanto, algumas das manobras da burguesia já parecem estar aparecendo. Páginas de notícias norte-americanas têm denunciado problemas com documentação, em que pessoas não conseguiram votar; reclamações com problemas nas urnas eletrônicas; mudança de seções em meio às eleições; censura de manifestações; e assim por diante.

Por mais que, estando longe, é mais difícil saber o que está, de fato, ocorrendo, pode-se afirmar que manobras parecidas com as que fizeram no Brasil estão ocorrendo. É difícil saber a favor de qual grupo político, mas como sempre fica explícito as maracutaias realizadas pela burguesia para fraudar as eleições.