Em meio ao coronavírus
Trabalhadores estão em quarentena sem receber salário e governo Macron quer que sejam “voluntários” para serem explorados pelos latifundiários e encher seus bolsos em meio ao vírus
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
487501112_dda0f63575_k
Exigência é que aumentem a produção de alimentos. Foto: Stephen Carlile |
Paris, 24 de março (Prensa Latina) O ministro da Agricultura da França, Didier Guillaume, pediu hoje aos desempregados devido à crise do Covid-19 que participem durante os próximos três meses do trabalho agrícola necessário para abastecer a população.
‘Apelo para mulheres e homens que não estão trabalhando, que estão confinados em suas casas, que são garçons em um restaurante, recepcionistas em hotéis, cabeleireiros no meu bairro, que não estão mais ativos … que se juntam ao grande exército da agricultura francesa, aquelas que nos permitirão comer de maneira limpa e saudável ‘, explicou Guillaume.

O ministro descreveu essa iniciativa como ‘um ato cívico’ e destacou que atualmente existem ‘mais de 200 mil empregos diretos no comércio agrícola’ porque os trabalhadores estrangeiros que geralmente assumem essa tarefa não podem mais vir devido à restrições impostas pela propagação da epidemia.

Ele informou que os voluntários ‘serão pagos pelos agricultores’ e terão as medidas de segurança e distância recomendadas pelas autoridades de saúde na execução dos trabalhos de colheita.

Por sua parte, o ministro da Economia, Bruno Le Maire, também pediu às empresas de distribuição do setor de alimentos hoje um esforço para abastecer lojas e supermercados franceses, para ajudar agricultores e produtores locais.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas