OLYMPUS DIGITAL CAMERA
|

A capital do Ceará, na região Nordeste do país, os preços sobem acima da média nacional e tiveram a maior variação do país no primeiro semestre do ano.

De acordo com o jornal O Povo, “no período, o acumulado da inflação ficou em 3,31% e, nos últimos 12 meses, foi de 3,67% – ambos acima da média nacional. O índice inflacionário no Brasil, na primeira metade do ano, variou em 2,23%. Na Capital, os produtos e serviços que mais inflacionaram de valor foram habitação (5,63%), educação (5,36%) e saúde e cuidados pessoais (4,71%).”

A população trabalhadora sente o aumento dos preços em mercados e optam por produtos similares de marca menos cara, ou ainda, deixa de pagar alguma outra conta para poder manter a compra dos produtos de maior necessidade, como alimentação e produtos de higiene.

A classe média vê entre os maiores gastos a saúde, educação e transporte e também se vê obrigada a optar por alguns produtos.

Especialistas teriam as mais diversas explicações para o fenômeno, incluindo até mudanças climáticas, quando, o que realmente está acontecendo, não só em Fortaleza, mas em todo o Brasil é que a população sofre com as consequências do governo golpista que está no poder no país. A inflação, que certamente é bem maior que os números oficiais, diminui o poder de compra da população trabalhadora, que sequer tem reajuste anual do salário garantido acima da inflação no governo golpista.

Para que os trabalhadores brasileiros possam ter dignidade para consumir o necessário para sua sobrevivência ficou evidente que é necessário a derrubada do governo que pretende continuar extorquindo a população. Assim, é necessário ir às ruas pelo Fora Bolsonaro e Todos os Golpistas e Eleições Gerais com Lula candidato.

Relacionadas