A expulsão do Daesh
O deserto de Karbala ocidental é o palco de mais uma investida do exército iraquiano contra o Desh, reminiscentes do Estado Islâmico (ISIS).
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
2016-05-30t150327z_1307160919_s1bethasnvab_rtrmadp_3_mideast-crisis-iraq-falluja_0
Forças armadas iraquianas perto de Fallujah em 30 de maio de 2016 | REUTERS/Alaa Al-Marjani

O deserto de Karbala ocidental é o palco de mais uma investida do exército iraquiano contra o Desh, reminiscentes do Estado Islâmico (ISIS). Colocando em prática uma operação massiva em grande escala para eliminar o Daesh da região, o Comando de Operações de Karbala, com o apoio da Força Aérea do Exército Iraquiano, iniciou nesta segunda-feira, 9, uma vasta ação para eliminar os extremistas e aumentar a segurança no deserto de Karbala ocidental, pondo fim à presença do Daesh. O informe foi dado pela mídia local.

Essa, no entanto, não é a primeira ação dos militares iraquianos. Em outra manobra semelhante, unidades militares iraquianas descobriram e destruíram cinco túneis do Daesh na província central de Salah al-Din, onde encontraram, também, cinco postos do Daesh com equipamentos de logística. Em Bagdá, capital do Iraque, soldados iraquianos capturaram um perigoso terrorista na região de Nahrawan, juntamente com seu pequeno arsenal de guerra.

Na intenção de exterminar o séquito violento de extremistas, as forças iraquianas realizaram várias operações de grande escala nas províncias de Kirkuk, Salah al-Din e Diyala, entre outros locais. Embora a luta contra os terroristas tenha sido terminada em 2017, ainda existem células adormecidas potencialmente perigosas que realizam ataques em contumácia.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas