Estados Unidos
O conjunto das Forças Armadas dos Estados Unidos publicaram memorando interno às tropas militares condenando a invasão do Capitólio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Biden
Joe Biden, presidente dos Estados Unidos | Reprodução

O conjunto das Forças Armadas dos Estados Unidos, sete generais e um almirante, publicaram memorando interno às tropas militares condenando a invasão do Capitólio que obrigou parlamentares a se esconder e que terminou com cinco pessoas mortas.

O chefe do Estado-Maior, general Mark Milley, declarou que a ação foi ilegal e que foi um ataque à democracia do país. Os chefes militares garantiram que Joe Biden será o presidente do país no dia 20 de janeiro e que estão comprometidos com a Constituição.

O Exército, em conjunto com FBI, investiga se algum militar participou da invasão e, com Serviço Secreto, para determinar a necessidade de triagem especial para algum dos 10 mil militares da Guarda Nacional que farão a segurança de Biden na posse.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas