Fora golpista! Bolsonaro anuncia a destruição do Ministério do Trabalho

bozo (1)

Da redação – O presidente eleito pela fraude de 2018, o golpista Jair Bolsonaro (PSL), afirmou nesta quarta-feira (7) que o Ministério do Trabalho será incorporado a outra pasta, decretando assim, a destruição das conquistas de séculos de luta da classe trabalhadora e configurando um ataque frontal às organizações operárias.

“O Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério”, disse o político de extrema-direita que expressou o quanto se “importa” com o bem-estar dos trabalhadores. A família de Bolsonaro votou pela PEC da terceirização com Temer, pela “PEC do fim do mundo”, congelando por 20 anos os gatos nos setores públicos e esteve com o golpista Michel Temer em quase todos os passos na contra-mão das conquistas dos trabalhadores. 

Na terça-feira, frente a primeira declaração de aceno para a destruição, o Ministério do Trabalho divulgou uma nota na qual reafirmou a importância da pasta para a coordenação das forças produtivas no caminho para a busca do pleno emprego.

É preciso a criação de uma grande mobilização da classe trabalhadora contra Bolsonaro, contra todos os golpistas, para derrubar esse regime de terror e destruição da economia brasileira. Assim, é urgente a criação de Comitês de Luta Contra o golpe tanto para auto-defesa da população, quanto para organizar palestras, debates, panfletagens e articular o movimento que lute contra o avanço dos militares e pela liberdade de Lula nas ruas.