Fora Bolsonaro: novo presidente golpista se afasta de Temer para fazer demagogia

bolsotemer

Da redação – A imprensa burguesa têm dado sinais de que Bolsonaro estaria se afastando de Michel Temer. Isso porque o atual presidente golpista provavelmente irá sancionar o aumento de quase 20% dos salários do Supremo Tribunal Federal.

Uma medida extremamente impopular, já que a grande maioria do povo está empobrecendo ou já em uma situação de miséria e desemprego.

Porém não se trata somente disso. Os golpistas em si já são extremamente impopulares, Temer ainda mais que os outros. Bolsonaro quer se desvincular do bloco dos golpistas que colocaram Michel Temer no poder, aprovando o impeachment fraudulento da presidente Dilma Rousseff na câmara de deputados.

Mas não dá para esquecer. Bolsonaro votou à favor do impeachment e ainda fez declarações favoráveis ao torturador da ditadura militar, o Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra.

O suposto afastamento não é nada além da demagogia tradicional dos políticos burgueses elevada ao nível da extrema-direita. Bolsonaro é a continuação do golpe; o aprofundamento da política de Michel Temer. E isso já ficou claro.