“Fora Bolsonaro” e “Lula Livre” marcam show do Pussy Riot

pussy-bolsonaro

Da redação – Apesar das confusas posições adotadas pelas integrantes da banda russa Pussy Riot, como as manifestações a favor do golpe na Ucrânia e os protestos contra Putin que resultaram em prisão durante a Copa do Mundo em 2018, durante o show da banda em São Paulo, no último sábado (20), as palavras de ordem ouvidas foram as que já ecoam nas ruas do Brasil.

Os gritos de “fora Bolsonaro” e “Lula livre” marcaram as manifestações do público na apresentação das russas, público esse que costuma fazer parte da camada adepta do feminismo pequeno burguês.

Mesmo dentro desse público, essas palavras de ordem estão espalhando-se com rapidez, assim como em outras diversas camadas da esquerda, e sua ampla aceitação demonstra o norte a ser tomada pelas direções dos movimentos e partidos. As lideranças precisam organizar todos os setores que participam dessas manifestações espontâneas, e construir uma grande mobilização unificada para enfim concretizar a derrubada do governo Bolsonara e a libertação de Lula.