Mídia golpista
Em artigo, o jornal golpista Folha de S. Paulo, atacou a comemoração dos 30 anos do foro de S. Paulo e faz calúnia ao PT e contra presidentes cubano, venezuelano e nicaraguense.
Foro de São Paulo
18º Encontro do Foro de São Paulo. | Foto por: reprodução.

Na tarde desta sexta (31) o jornal golpista e um dos principais colaboradores com a ditadura militar de 1964, a Folha de S. Paulo, divulgou um “artigo” atacando a live comemorativa de 30 anos do Foro de São Paulo, organizada pela direção do Partido dos Trabalhadores e com a participação ilustre dos presidentes da Venezuela, Nicolás Maduro, da Nicarágua, Daniel Ortega e de Cuba, Miguel Díaz-Canel, realizada no último dia 28.

O artigo visa claramente fazer um ataque raso e covarde ao PT, a pretensos ditadores do continente, como se referiram aos presidentes citados. Ainda tentou desqualificar a denúncia óbvia para todo o trabalhador do continente que os nossos países vivem historicamente sob ataques da burguesia imperialista, que foram acentuados nos últimos anos o que levou a golpes de Estado por todo o continente, bem como a relação direta dos capitalistas e a destruição causada por sua ação predadora e os milhares de mortos pelo coronavírus, que não param de aumentar.

Como destacado acima, a Folha é um periódico tradicional da burguesia golpista brasileira que, esse sim, colaborou e teve atuação de destaque nos golpes de 1964 e 2016 e visa com matérias caluniosas como essa, dar suporte aos ataques da burguesia imperialista ao povo latino americano.

Relacionadas