Manobra golpista
A Folha de s. Paulo lança uma matéria para forçar a mão da candidatura do Boulos e pressionar Lula para abrir mão da candidatura do PT em São Paulo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
18/02/2020
O único candidato capaz de derrotar a direita golpista | Foto: REUTERS/Adriano Machado

O jornal golpista a Folha de S. Paulo lançou uma matéria intitulada: “ Constrangido, Lula reluta em apoio a Tatto para não melindrar Boulos”. A matéria é basicamente uma sequencia de fofocas para demonstrar que Lula estaria pressionado pelos seus próprios correligionários para abandonar a candidatura própria do PT, para apoiar aquilo que a Folha chama de “sombra do PT”, o candidato à prefeitura de SP Guilherme Boulos. A estória do jornal burguês é para “demonstrar” que Lula estaria, pela pressão, apoiando o candidato do PSOL que não tem voto nos bastidores.

É um insulto ao Lula, ao mesmo tempo que um absurdo. Toda declaração é distorcida pelo jornal para forçar a barra sobre a candidatura do psolista, em um claro apoio a Boulos e contra a candidatura do PT na cidade de São Paulo. Toda fofoca, na verdade, é um método rasteiro e comum da imprensa burguesa, que coloca sua política na boca de figuras políticas da esquerda e das organizações populares para tentar validar sua política. Esse método de desinformação, de manobra, usa até pesquisas para validar o meio para seus objetivos políticos. Nesse caso, é muito simples a manobra, tirar votos do PT se usando da esquerda pequeno-burguesa (nesse caso o sr. Boulos) para facilitar a reeleição de Bruno Covas, do PSDB.

É exatamente o que ocorreu na pesquisa da DataFolha, que trouxe Bolsonaro como um “homem de aço” das eleições. Na pesquisa, altamente duvidável, Bolsonaro aparecia ganhando em “todos” os cenários (não havia Lula na pesquisa). Mas na verdade a pesquisa não apresenta uma relação coesa com a realidade, mostra apenas uma opinião, um posicionamento político, do jornal. Não é o povo que apoia Bolsonaro, mas a Folha que o apoia em todos os cenários. Inclusive, foi essa pesquisa farsa que levou a concepção de que o auxílio emergencial de Bolsonaro teria fortalecido ele eleitoralmente, o que é uma desorientação política por parte desses setores, e que leva só poderia jogar mais uma pá de cal na desmobilização da esquerda.

É evidente que a matéria da Folha é parte da campanha direitista para eleger Covas em São Paulo, mesmo que tenho elementos de esquerda  como parte da manobra. Essa campanha já vem sendo preparada há alguns meses, com o namoro de Boulos com a imprensa golpista, ao mesmo tempo em que essa imprensa tenta conter a crise do coronavírus elogiando a política genocida do PSDB em São Paulo e continuando a campanha golpista de calúnias contra o PT. Vale ressaltar que Boulos não vai ganhar e nem sequer ir para o segundo turno em São Paulo, é apenas a manobra clássica de colocar mais candidatos de esquerda para dividir o voto do setor majoritário da esquerda, que é o PT.

A única unidade de esquerda nas eleições que seja coerente, que coloque a esquerda para a ofensiva e todo movimento dos trabalhadores em uma correlação de forças favorável, é a candidatura de Lula. Como o PCO defendeu no debate dos presidentes dos partidos de esquerda, no 247. Uma vez que o único candidato da esquerda que tem reais chances de vencer o pleito, além de que a própria presença de Lula nas eleições já coloca o regime político em crise e mobiliza os trabalhadores. Logo, a unidade em torno de outros nomes, principalmente que não agrupa ninguém e praticamente não tem voto algum, é um engodo para dificultar a unidade da esquerda em torno da candidatura de Lula e do fora Bolsonaro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas