Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
zzglen_flip01
|

Nessa noite de sexta-feira, 12/07, ocorreu a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), no Rio de Janeiro. Em paralelo a ela ocorria a Festa Literária Pirata das Editoras Independentes (Flipei), a qual o jornalista Gleen Greenwald foi convidado para falar sobre os vazamentos da Lava-Jato que colocaram em cheque o juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

Os coxinhas da cidade decidiram fazer um protesto a favor de Sérgio Moro soltando rojões e tocando o hino nacional para tentar impedir Greenwald de falar.

O protesto, no entanto, se virou contra os coxinhas. Gritos de “fascistas, não passarão”, “Lula Livre” e “Juiz ladrão / Moro na prisão” ecoavam da plateia toda vez que Greenwald era interrompido pelos fascistas.

Diferentemente do que diz a imprensa burguesa, o jornalista conseguiu falar tranquilamente e o protesto foi um fracasso, assim como todo os outros promovidos pela direita golpista. Isso demonstra a consciência do povo em relação a seriedade dos vazamentos publicados no jornal The Intercept e a ilegitimidade do governo Bolsonaro e da prisão de Lula.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas