Flamengo e Corinthians, semifinalistas da Copa do Brasil, estão eliminados da Taça Libertadores

flamengo_e_corinthians

Dois times que se confrontarão em partida válida por uma das semifinais da Copa do Brasil – Flamengo e Corinthians – foram eliminados do torneio continental (Taça Libertadores) neste meio de semana. O Flamengo perdeu a vaga para o Cruzeiro, embora tenha vencido o jogo pelo placar mínimo de 1 x 0. O time carioca necessitava da vitória por uma diferença superior a dois gols, ou a igualdade no placar da primeira partida para levar a decisão para os pênaltis, pois foi derrotado em sua própria casa pelo placar de 2 x 0.

O Flamengo iniciou a partida a todo o vapor, marcando a saída de bola do Cruzeiro e tentando articular jogadas de ataque com seus homens de frente, principalmente Everton Ribeiro e Diego. A pressão rubro-negra, no entanto, teve fôlego curto. O Cruzeiro também passou a marcar sob pressão, neutralizando as investidas do time carioca, subindo com boas jogadas ao ataque, levando perigo à meta de Diego Alves. Por duas ou três vezes teve a oportunidade de abrir o placar, principalmente numa bola que sobrou para o atacante Barcos, que perdeu um gol incrível, dentro da pequena área, onde só estava ele e o goleiro.

Na etapa complementar o Flamengo voltou a pressionar, mas o time dono da casa estava bem postado na defesa, principalmente com Dedé, que ganhava a maioria das bolas alçadas à área. Todavia, num momento de desatenção da zaga cruzeirense, os cariocas rubro-negros abriram o placar, depois de um escanteio em que a bola foi encontrar Everton Ribeiro pelo lado direito, que cruzou para a cabeçada de Léo Duarte abrir o placar. Eram 23 minutos e daí para frente o Flamengo apostou tudo na pressão para chegar ao segundo gol, o que levaria a decisão para a cobrança de penalidades. O Cruzeiro, no entanto, não estava disposto a deixar a vaga escapar e reforçou seu sistema defensivo. Com sabedoria e experiência, o Cruzeiro fez o tempo passar, tocando a bola e ainda criando jogadas de ataque. O Flamengo venceu a partida pelo marcador de 1 x 0. O resultado, contudo, foi insuficiente para reverter a desvantagem por ocasião da derrota na primeira partida, o que acabou sendo determinante para a eliminação do time carioca.

Corinthians fracassa e deixa time chileno avançar na competição

Em outra partida decisiva envolvendo um time brasileiro, a vaga ficou com o Colo-Colo, do Chile. O “Timão” não soube se impor dentro de sua própria casa e deixou os chilenos evarem a vaga para as quartas de final. O time paulistano foi derrotado na parida de ida pelo placar mínimo de 1 x 0. Sendo assim, necessitava apenas de uma vitória pelo mesmo placar para levar a partida para os pênaltis, ou fazer dois gols, tarefa mais que realizável, pois estava jogando em casa, diante de sua numerosa torcida. Mas à semelhança do que vem ocorrendo no Brasileirão, o time não se encontrou, voltando a praticar um futebol apático e sem criatividade. O time até chegou a fazer os dois gols que necessitava, mas a defesa vacilou numa bola levantada na área e deixou os chilenos marcarem um gol, chegando ao empate. O time alvinegro desempatou fazendo o segundo gol, mas precisava de mais um tento para garantir a classificação, o que não aconteceu. Frustração total da torcida, que presenciou mais um tropeço corintiano na temporada.