Menu da Rede

TSE antidemocrático prepara fraude nas eleições

Izadora Dias

Izadora Dias

Coordenadora do coletivo de negros João Cândido, militante do Partido da Causa Operária. Apresenta de segunda a sexta, o Reunião de Pauta na Causa Operária TV, às 9h e o programa Tição no mesmo canal às quinta-feiras às 19h.

1º de maio

Fique em casa esperando a morte

A esquerda está numa paralisia suicida, esperando que os genocidas trarão alguma solução para a pandemia sem nenhuma mobilização popular

Cemitérios grandes como o Vila Formosa em São Paulo já estão sem espaços para mais valas – Foto: Reprodução

Há mais de um ano tivemos o primeiro caso de Covid-19 no Brasil, e sem tomar nenhuma medida de controle da pandemia, como testar em massa, distribuir máscaras e álcool-gel, nada foi feito pelos governos, além de propagar a campanha do fique em casa. Óbvio que era mais fácil e muito mais barato para os governantes, a campanha do isolamento social do que tomar alguma medida contra a pandemia.

As quase 400 mil mortes provam que essa campanha de nada adiantou, os governos a usaram para enrolar a população, e não aproveitaram o período pelo menos para se preparar e combater de fato o avanço do Coronavírus. No momento nos encontramos em um verdadeiro filme de terror; brasileiros estão morrendo sufocado por falta de oxigênio, pessoas intubadas estão acordando durante o tratamento por falta de sedativos. E a trilha sonora dessas cenas é a propaganda de que para você não passar por esses momentos horripilantes, você só precisa ficar em casa.

O pior de tudo é que além da campanha ser inócua para acabar com a pandemia e servir apenas para os governos genocidas culparem a população pela sua própria desgraça, serviu para paralisar totalmente a esquerda que leva a sério a orientação de Doria e se recusa a sair de casa para fazer política.

Os trabalhadores estão sendo massacrados por Bolsonaro e todos os golpistas, estão sendo assassinados por esses governadores sádicos, porém os sindicatos se mantém de portas fechadas, as lideranças de esquerda juram que basta respeitar o isolamento social e que tudo se resolverá. Abandonaram a classe trabalhadora à sua própria sorte.

O 1º de Maio, uma data histórica da luta dos trabalhadores, é a data perfeita para um levante da população contra os capitalistas, contra essa situação desesperadora que o povo brasileiro está vivendo. A esquerda julga ser uma total irresponsabilidade organizar manifestações durante a pandemia, mas desconsidera a realidade dos transportes públicos lotados, do aumento exponencial de desabrigados. E desconsideram principalmente que a maravilhosa solução da pandemia não chegará enquanto não a reivindicarmos.

O 1º de Maio é justamente a data que prova que todas as conquistas e direitos da classe trabalhadora se deram por conta da sua própria mobilização. Não foi sentados no sofá de casa que os trabalhadores conseugiram os direitos trabalhistas, a redução de jornada de trabalho, o salário mínimo ou qualquer outra reivindicação.

A classe trabalhadora lutou nas ruas por essas conquistas. E na situação atual da pandemia, nos levantamos e lutamos ou continuaremos vendo a contagem de mortes ultrapassar 500 mil, 600 mil e pela progressão dos óbitos e falta de previsão para a vacinação, contaremos 1 milhão de vítimas ou mais.

O Partido da Causa Operária estará nas ruas no dia 1º de Maio. Não só por respeito aos Mártires de Chicago e a todos os trabalhadores que já derramaram o seu sangue pela sua própria classe, mas também contra o genocídio, contra a fome dos 117 milhões de brasileiros, por vacinação, por auxílio. E todos aqueles que estão conscientes da necessidade de se manifestar, juntem-se a nós!


Ato nacional do Dia do Trabalhador
1º de maio na Av.Paulista às 15h

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.