Milhões entregues ao vírus
Adultos e idosos com problemas de saúde e comorbidades, representando 4,4% da população do País, estariam em risco
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
49897688508_800de26e73_h
Adultos e idosos com problemas de saúde poderão ficar expostos ao vírus | Foto: Prachatai/Flickr

Pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgada hoje (22), indica que 9,3 milhões de adultos e idosos com problemas de saúde e comorbidades poderão sofrer riscos com a volta às aulas que já está começando a ser realizada em alguns estados do País.

Esse número correspondente a 4,4% da população brasileira, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ou seja, uma parcela significativa dos brasileiros poderia contrair o coronavírus, que vem matando em média mais de mil pessoas no País, apenas por esse motivo.

Segundo levantamento do G1, veículo do monopólio golpista Rede Globo, ao menos nove estado e o Distrito Federal têm discutido o retorno às aulas na rede pública para os próximos dois meses. Os estudantes devem se recusar a voltar aos estudos enquanto não houver uma normalização da situação, recorrendo à organização estudantil e seus métodos de luta como greves e ocupações para impedir o aumento do genocídio causado pela política fascista de Jair Bolsonaro e dos “científicos” prefeitos e governadores.

https://www.youtube.com/watch?v=IrCarjCCGhM

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas