Fim de ano: golpistas causam falta de merenda nas escolas

Merenda Cabrini SBT Repórter

A escola estadual paulista vem sofrendo diversos ataques na sua estrutura e também na merenda escolar que acaba sendo insuficiente para os alunos.

Com o final do ano essa escassez aumenta substancialmente, pois a merenda que é repassada pelas prefeituras acaba antes do fim do mês tendo como desculpa as férias escolares.

Além da quantidade em muitos casos ser insuficiente, o valor nutritivo da merenda é bastante questionável, pois é rica em carboidratos e pobre em proteínas.

A base da merenda é macarrão e arroz, nesse período as verduras, que já são escassas, desaparecem por completo dos pratos dos alunos.

A escola é um lugar cada dia mais abandonado pelo poder público, falta tudo, merenda, produtos de limpeza, funcionários, salários para os professores, impressora, giz…

Na maioria das escolas isso é amenizado pelas “vaquinhas” feita pelos os professores e funcionários para comprar o que falta de mais essencial.

Somente a mobilização dos professores e estudantes pode reivindicar uma escola pública gratuita e de qualidade para todos, pelo fim do golpe de estado de 2016, Fora Bolsonaro e Todos os golpistas!