Pela anulação dos processos
Os golpistas da Lava Jato continuam a perseguição contra Lula e o PT e abrem novo processo para prender Lula novamente
lula carceragem
Lula em entrevista na PF. Imagem: Marlene Bergamo/Folhapress |

A perseguição contra o ex-presidente Lula pela operação golpista da Lava Jato continua a todo vapor. Nesta semana, a Polícia Federal concluiu mais um inquérito fraudulento para os procuradores da Operação Lava Jato incriminando Lula. A PF, articuladora da perseguição contra o PT e Lula, acusa o ex-presidente de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro da Odebrecht ao Instituto Lula. Além do petista, foram indiciados pelos mesmos crimes o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci e o presidente do instituto, Paulo Okamotto.

A conclusão do inquérito é tão absurda que aponta que as doações foram legais, mas há suspeita de propina, mas não há nenhuma prova sequer. O delegado Dante Pegoraro Lemos, da Força-Tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, disse no relatório que “enfim, a se considerar a missão específica das palestras proferidas pelo ex-presidente da República, não vislumbramos, isoladamente, a configuração de crime… Ressalvamos, contudo, que apurações específicas podem vir a demonstrar que alguma palestra em si ou mesmo serviços adicionais realizados possam configurar a prática de conduta típica.”

Mesmo após as mensagens divulgadas pelo sítio The Intercept Brasil entre o ex-juiz e atual ministro da Justiça Sérgio Moro, procuradores da Operação Lava Jato e até de Policiais Federais, que revelam a perseguição, falsas acusações e até reconhecimento de falta de provas não estão sendo suficientes para barrar a continuidade da operação golpista Lava Jato, pois ainda há a necessidade de manter Lula preso para a continuidade do golpe.

Não há a mínima dúvida sobre os objetivos golpistas da Operação Lava Jato de perseguição a Lula e ao PT e de destruição da economia nacional. É uma operação planejada nos EUA para levar a direita ao poder e entregar as riquezas do país para o imperialismo e destruir os direitos dos trabalhadores.

Com isso é preciso lutar e exigir o fim da Lava Jato e anulação e o cancelamento de todos os processos contra o ex-presidente e outros perseguidos políticos. O processo, do início ao fim, foi uma enorme farsa e por isso deve ser cancelado e Lula deve ter seus direitos políticos restabelecidos.

A eleição em 2018 foi uma enorme fraude onde o candidato que iria ganhar as eleições, Lula, foi preso pelo juiz que depois ganhou cargo dentro do governo do principal concorrente, Jair Bolsonaro, portanto fraudada e precisa ser anulada e convocada novas eleições, com Lula candidato. Afinal, essa é a vontade das amplas massas de trabalhadores no Brasil.

Para isso é necessário mobilização permanente para anulação de todos os processos e garantir o retorno de todos os direitos políticos de Lula.

Relacionadas