Filha do general Villas Bôas é apoiadora de Bolsonaro

vb

Da redação – A filha do comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, fez uma série de postagens na rede social Instagram, no último sábado (29).

As publicações de Adriana Haas Villas Bôas se referiam ao PT e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso ilegalmente em Curitiba pela ditadura do poder judiciário, e ao candidato petista à presidência, Fernando Haddad.

“Presidiário mandando em um país… só por que é do PT, né?”, postou a filha do general, que utilizou em suas publicações as hashtags #PTNão, #HaddadNão, #LulaNão.

As manifestações de Adriana ocorreram em meio aos atos de rua ocorridos em todo o país, no mesmo dia, contra o candidato fascista Jair Bolsonaro, que unificou setores da esquerda pequeno-burguesa e da direita.

Enquanto, inflada pela imprensa golpista e pela burguesia, a esquerda ecoava o lema #EleNão, em referência ao repúdio a Bolsonaro, a filha do general (considerado um “nacionalista” e “democrata” por parcelas da esquerda) fez campanha ao contrário, ou seja, contrapondo o repúdio a Bolsonaro com seu repúdio a Haddad e a Lula, demonstrando assim seu suporte ao candidato da extrema-direita.