Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A imprensa está a toda hora fazendo uma propaganda enganosa pois diz que agora tem 300 mil vagas disponíveis do Fies. Sendo destas 100 mil com pagamento sem juros, porém é tudo mentira pois a lei sancionada no dia 07 de dezembro de 2017, conseguiu desagradar as universidades e principalmente aos estudantes que não tem mais vagas oferecidas pelo Fies, portanto a grande maioria fica sem fazer faculdade.

O Brasil um país de dimensões continentais possui uma grande demanda para ensino universitário, porém a oportunidade so chega para 16% dos jovens. Em 2016 houve uma estagnação no número de matrículas, gerando portanto uma redução no número de ofertas a jovens ao ensino superior. Em 2017 com estas medidas a situação tende a piorar.

Entre 2014 e 2016 amentou de 22,5 % para 25,8% para jovens com idade de 25 a 28 anos sem trabalho e sem ocupação e sem educação. O golpe de 2016 afetou de maneira direta os mais pobres e os estudantes negros, criando uma barreira para que estes não possam frequentar a universidade. Segundo o Atlas de Violência de 2017 (IPEA), mais de 318 mil jovens foram assassinados no Brasil entre 2005 e 2015. Apenas em 2015, foram 31.264 homicídios de pessoas com idade entre 15 e 29 anos. Os homens jovens continuam sendo as principais vítimas e, a cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negras.

O financiamento do ensino superior é uma necessidade pois a grande maioria das famílias tem rendas entre um a dois salários mínimos, algumas chegam a cinco salários. Como estas famílias vão custear os estudos dos seus filhos sem Fies, Prouni, o Programa de Estímulo à Reestruturação das Instituições de Ensino Superior (Proies), Programa Ciências Sem Fronteiras, Bolsas Capes, CNPq e outros. Uma Política de Apoio ao Estudante de Estado não é somente necessária, mas condição para jovens pobres acessarem a educação superior.

O novo Fies com 310 mil vagas em 2018 e 100 mil a juro zero tem um dado concreto o afastamento da universidade de uma grande parte da juventude. O próximo passo dos golpistas é acabar com toda a gratuidade do ensino superior privatizando as universidades federais e estaduais.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas