Siga o DCO nas redes sociais

Crise Econômica
FGV: Indústria sinaliza piora na confiança em setembro
Nem a burguesia consegue esconder sua insatisfação com o governo Bolsonaro, já que não consegue resolver o problema da crise econômica no país.
industria-mineira
Crise Econômica
FGV: Indústria sinaliza piora na confiança em setembro
Nem a burguesia consegue esconder sua insatisfação com o governo Bolsonaro, já que não consegue resolver o problema da crise econômica no país.
(Amazonas Total)
industria-mineira
(Amazonas Total)

Segundo cálculo realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia (IBRE), da Fundação Getúlio Vargas, a confiança da indústria caiu em setembro.

Houve uma piora de 0,2 ponto em relação ao número final de agosto, para 95,4 pontos, na prévia da sondagem divulgada na última sexta-feira (20).

Para chegar nessa prévia, que mostra a sexta queda consecutiva do Índice de Confiança da Indústria (ICI), foram consultadas 791 empresas, o que mostra que as expectativas dos empresários para os próximos meses não são das melhores. Ou seja, a crise econômica no país está se agravando tanto, que nem a burguesia consegue esconder sua insatisfação com o governo Bolsonaro, já que não conseguem resolver o problema.

Essa crise econômica e a destruição das empresas nacionais, são frutos do golpe, e como sabemos, a política de Bolsonaro segue a mesma linha. Desde o início do governo estamos vendo nosso país caminhar para o fundo do poço. A privatização de todas nossas estatais, a ditadura imposta contra a população, a retirada de todos os direitos democráticos do povo, o descaso com a população, e principalmente, a enorme crise econômica, de forma que as contradições entre os diversos setores da burguesia estão se aprofundando. Sendo assim, se o governo continuar, irá impor um dos maiores retrocessos econômicos da história do país.

Essa perda de popularidade do governo, até entre setores da burguesia, deve ser aproveitada para levar adiante a luta política pela derrubada do governo e pela realização de novas eleições com Lula candidato.