Carreata pela morte no ABC
Aproveitando o anuncio farsesco da fase verde pelo governador João Dória e pelo prefeito Paulo Serra, fascistas da educação querem a abertura das escolas em meio a pandemia.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Prefeitura psdb santo andré anuncia a falsa fase verde
Fase verde em meio a mais de 90 mortos por mês em Santo André | Foto: Reprodução

Após o governador João Doria ter anunciado na última sexta-feira (9) o avanço da Grande São Paulo e as regiões da Baixada Santista, Campinas, Piracicaba, Sorocaba e Taubaté para a fase verde do Plano São Paulo de controle da pandemia e retomada consciente de atividades econômicas não essenciais, numa ação totalmente fraudulenta do governo estadual pela reabertura de todo comércio, o prefeito de Santo André também comemorou o fato e encaminhou a resolução do município para a reabertura gral, o que coloca na ordem do dia a reabertura das escolas.

De acordo com o fascista Dória: “Agora, 76% da população do estado segue para a fase verde do Plano São Paulo, incluindo a capital”, impondo assim nova escalada da contaminação e ainda enfatiza, “Essas regiões terão um pouco menos de restrições no seu dia a dia, de acordo com as indicações do Plano São Paulo”.

Chama a atenção também que o período da fase verde se estende até o período eleitoral, pois de acordo com governador a reclassificação vale de sábado (10) e até o dia 16 de novembro.

Em Santo André, a cidade chegou a mais de 16 mil casos confirmados da doença. Sendo que, até o momento, 510 pacientes evoluíram a óbito, mantendo uma média diária de 3 mortes desde o início da pandemia, quase 90 mortes por mês desde o início da pandemia.

Coincidentemente neste mesmo período, donos de escolas particulares organizam ato fascista pela reabertura imediata das escolas. Aproveitando a reunião do chamado Consórcio do ABCDM, que reúne prefeitos da região em reunião online no próximo dia 14, eles organizam carreata pela reabertura imediata das escolas, para o dia 16 ou 19 de outubro. Através das redes sociais a convocação já conta com mais de 100 pessoas.

O teor fascista do ato se comprova pelos discursos patronais dos donos de escolas particulares, veja os prints a seguir:

De acordo com os organizadores fascistas a carreata deve ter como foco:

“* ESCOLAS para quem precisa.

* AULAS em local seguro sim.

* Vai quem quer.

* Estão perdendo alunos( ABC ) para o município de SP.

* Se buffet pode abrir, escola( lugar seguro ) também pode.

* Não falar de POLÍTICA. Não se associar a POLÍTICA.

* Cor de camiseta BRANCA.

* CARREATA não funciona naquele local, pois o retorno das ruas é muito longe.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas