Fascistas do MBL atacam Lula

MBL1

Continua a saga do ´´Panteão dos Juízes Deus“ alinhado aos grupos fascistas financiados pelo imperialismo no Brasil do Golpe. A notícia urgente, além de absurda, é de que o juiz federal Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal da 3ª Região (Campinas, interior de São Paulo), concedeu liminar em ação popular movida pelo coordenador nacional e advogado do movimento fascista financiado pelo imperialismo norte-americano, Movimento Brasil Livre (MBL), Rubens Nunes, para suspender imediatamente os seus privilégios, outorgados pelo Decreto 6.381/2008.

Advogado fascista Rubens Nunes, do MBL

Assim, em mais uma ação abertamente nazista, Lula tem seus direitos retirados até o julgamento do mérito da ação, perdendo todos os benefícios a que tem direito como ex-presidente. Com a ação, o ex-presidente mais respeitado no mundo, permeado com mais de 60 prêmios honores causa, perde o cartão corporativo, assessores, seguranças, motoristas e veículos que ficam à sua disposição.

Resumindo: além do juizéco agente da CIA, o Mussoline de Maringá, Sérgio Moro, ter passado por cima do transito em julgado, preso o petista sem provas de que o triplex – ja vendido – seria dele, criado recibos falsos sobre o elevador de empresa de Curitiba, e etc…agora temos essa provocação total desse grupo fascista financiado por Soros.

Os fascistas do MBL organizaram o golpe no Brasil, retiraram Dilma Rousseff e prenderam Lula, por isso, os trabalhadores devem se organizar, deixar de acreditar nessas instituições burguesas que esto podres e ocupar Curitiba para conseguir a liberdade de Lula pela força da mobilização.