Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
MBL1
|

Continua a saga do ´´Panteão dos Juízes Deus“ alinhado aos grupos fascistas financiados pelo imperialismo no Brasil do Golpe. A notícia urgente, além de absurda, é de que o juiz federal Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal da 3ª Região (Campinas, interior de São Paulo), concedeu liminar em ação popular movida pelo coordenador nacional e advogado do movimento fascista financiado pelo imperialismo norte-americano, Movimento Brasil Livre (MBL), Rubens Nunes, para suspender imediatamente os seus privilégios, outorgados pelo Decreto 6.381/2008.

Advogado fascista Rubens Nunes, do MBL

Assim, em mais uma ação abertamente nazista, Lula tem seus direitos retirados até o julgamento do mérito da ação, perdendo todos os benefícios a que tem direito como ex-presidente. Com a ação, o ex-presidente mais respeitado no mundo, permeado com mais de 60 prêmios honores causa, perde o cartão corporativo, assessores, seguranças, motoristas e veículos que ficam à sua disposição.

Resumindo: além do juizéco agente da CIA, o Mussoline de Maringá, Sérgio Moro, ter passado por cima do transito em julgado, preso o petista sem provas de que o triplex – ja vendido – seria dele, criado recibos falsos sobre o elevador de empresa de Curitiba, e etc…agora temos essa provocação total desse grupo fascista financiado por Soros.

Os fascistas do MBL organizaram o golpe no Brasil, retiraram Dilma Rousseff e prenderam Lula, por isso, os trabalhadores devem se organizar, deixar de acreditar nessas instituições burguesas que esto podres e ocupar Curitiba para conseguir a liberdade de Lula pela força da mobilização.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas