Menu da Rede

Terror verde e amarelo

Fascismo em Brasília: morador de rua é morto a marretadas

A ação mostra como os fascistas se sentem à vontade sem uma atividade sólida e consistente da esquerda.

Tempo de Leitura: < 1

Câmeras que monitoram a Rodoviária Central de Brasília, local do assassinato. – Foto: Agência Brasília/Reprodução

Publicidade

Em mais uma demonstração de força diante da passividade da esquerda brasileira, indivíduos de extrema-direita, em um típico ato fascista, assassinaram com marretadas na cabeça um morador de rua em Brasília-DF na madrugada desta terça-feira (21/7).

O homem foi atingido na cabeça enquanto dormia no mezanino da Rodoviária Central de Brasília e até o momento não foi identificado.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) registrou a ocorrência por volta das 5h03 e após constatar o óbito da vítima acionou a Polícia Civil do DF (PCDF) para averiguação dos fatos. A polícia civil chegou ao local por volta das 5h30.

A ocorrência foi então registrada na 5ª Delegacia de Polícia (Asa Norte). Este, porém é um ato fascista. É isso que a corja de verde e amarelo faz quando ninguém está vendo ou quando muitos dos que deveriam combate-los ignoram seu avanço.

A ação mostra como os fascistas se sentem à vontade sem uma atividade sólida e consistente da esquerda. É preciso denunciar a presença do fascismo que já começa a tomar conta de espaços de uso comum em Brasília e por todo o país.

É necessário esmagar o fascismo, expulsá-lo das ruas e colocar seus seguidores de volta no armário da insignificância mais uma vez.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Clima de radicalização agita o Peru - O Mundo em 1 Hora (Reprise)

205 Visualizações 71 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend