Fala do companheiro Rui Costa Pimenta no 1º de Maio em Curitiba

cfde15f8-aa29-401e-9873-241e538946c7

O companheiro Rui Costa Pimenta teve um momento de fala na plenária nacional dos comitês de luta contra o golpe durante o 1° de Maio em Curitiba. O companheiro começou destacando a importância do movimento operário na cidade, bem como a sua onda crescente depois da prisão do ex-presidente Lula. Lembrou o ponto negativo quanto à ausência de um direcionamento unitário para a luta e que depositar as esperanças nas eleições é ilusão, um erro pois não resolverá o problema.

Enfatizou que o aspecto fraudado das eleições, diante da prisão de Lula, torna qualquer perspectiva de restabelecimento democrático inviável. Outrossim, aduziu que o ataque fascista contra o acampamento Marisa Letícia requer uma reação enérgica, prática e à altura, do contrário a situação irá piorar. Portanto, a criação de comitês de autodefesa são necessários nesse momento.

Por fim, conclamou todos ouvintes e interessados a participarem da organização de uma conferência, independentemente de filiação partidária, para discussão de uma política enérgica e prática na luta contra o golpe.