Menu da Rede

Fachin mata no peito Ato Institucional sobre prisão em 2º instância

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

O Supremo deu esta semana mais um passo na perseguição e possível tentativa de prisão do ex-presidente Lula.

A Segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) retirou da pauta do plenário as duas ações que questionam o julgamento em relação à prisão em 2º grau. Em fevereiro, o ministro Luiz Edson Fachin havia enviado sem justificativa essa pauta para o plenário, descumprindo o regimento que exigia julgamento na própria Segunda turma.

Na tarde desta terça (13) o ministro Fachin concedeu entrevista ao final de um evento em que palestrou na capital Federal, onde deixou bem claro que para ele a questão de prisão antes do trânsito em julgado já está definida. Seria possível, segundo o julgador, que pessoas fossem presas antes do esgotamento dos recursos.

Longe dos tribunais, o PT já disse que não aceitará a prisão ilegal de seu líder passivamente. Ainda que tardia, a resposta do partido simboliza um importante levante contra as decisões absurdas e criminosas do Judiciário golpista.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Clima de radicalização agita o Peru - O Mundo em 1 Hora (Reprise)

72 Visualizações 85 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend