Manipulação eleitoral
Facebook anunciou a proibição de conteúdo político na semana que antecede as eleições norte-americanas, além de diversas outras medidas anti-democráticas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
mark-zuckerberg
O presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg | Foto: Bertrand Guay/AFP

O presidente-executivo da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou medidas que serão tomadas pela rede social durante o período de véspera das eleições presidenciais nos Estados Unidos. Entre elas, está o bloqueio de toda a propaganda eleitoral durante a semana que antecede a votação, numa clara ação de censura.

Uma outra medida que será tomada nesse mesmo sentido é a limitação do número de mensagens encaminhadas no Messenger da rede social, da mesma forma como já é feito no Whatsapp.

Em um momento em que se deveria aumentar o fluxo de informações justamente para a população estar mais esclarecida acerca da situação política, o maior monopólio de redes sociais do mundo irá tomar diversas medidas para podar a discussão política em seus meios.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas