Pandemia
Declaração foi dada pela própria empresa na última terça-feira (11)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
facebook
Facebook | Foto: Reprodução

Na última terça-feira (11), o Facebook informou que excluiu 7 milhões de publicações de suas páginas por conterem, supostamente, informações falsas sobre a COVID-19. Uma dessas publicações foi feita pelo presidente norte-americano Donald Trump. A ofensiva contra as “fake news”, no entanto, não é um combate em nome da verdade, uma vez que grandes empresas estão por trás da operação, mas sim uma forma de aumentar a censura contra os elementos hostis ao regime político.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas