Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Bolsonaro ladeado por dois dos generais que realmente mandam no governo. Rego Barros (esq.), seu porta-voz oficial, e Augusto Heleno, do GSI.
|

A crise em torno dos posts de Bolsonaro no Twitter fez mais uma criatura obscura vir à luz. Trata-se do coronel Didio Pereira de Campos escalado pelo general Carlos Santos Cruz, da Secretaria de Governo, para coordenar a comunicação do governo nas redes sociais. Foram apagar o incêndio provocado pelo “golden shower” do presidente ilegítimo.

A indicação do coronel foi contestada pelo próprio presidente e seu filho, Carlos Bolsonaro, nas redes sociais. Apressaram-se a declarar que se tratava de notícia falsa (“fake news”). Desmentiram a indicação publicada no Diário Oficial, e as informações apresentadas pela imprensa burguesa, segundo o qual o coronel Pereira de Campos estará à frente de uma nova divisão da comunicação presidencial, sob o controle do porta-voz oficial da presidência, o general Otávio Santana de Rêgo Barros.

Como o que vale é o que está no papel, e a nomeação foi chancelada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, coube ao Bolsonaro vereador, gerente da conta pessoal de seu pai no Twitter, frisar: o coronel vai cuidar da comunicação oficial do Planalto, e não da conta pessoal do presidente ilegítimo.

A cada nova crise, um novo militar do alto escalão é empurrado para a frente do palco. A cobertura civil do governo se desgasta e revela que o país a um fio de cabelo de uma ditadura militar. São os generais que dizem ao presidente: “faça o que eu digo”.  Bolsonaro, é um marionete nas mãos dos militares. Afinal, general não bate continência para capitão.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas