Alvo era a Polícia Federal
Criados pelo centro político, “300 do Brasil” se volta com seus criadores enquanto direita tenta retomar controle da situação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
2020.05.08 Acampamento dos 300 coxinhas pró Bolsonaro
Milícia fascista | Foto: Arquivo/PCO

Após prisões de militantes de extrema direita do grupo bolsonarista “300 do Brasil”, um grupo de 13 membros da organização voltou a soltar fogos de artifício, desta vez nas proximidades da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília.

Uma das líderes do movimento, Sara Winter, foi presa nesta segunda-feira, 15 de junho. Além dela, cinco outros membros do grupo bolsonarista tiveram suas prisões decretadas hoje.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas