Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A exposição “Jamaica, Jamaica”, que teve abertura nessa quarta-feira (14) no Sesc 24 de maio e inicio nesse dia 15, vem justamente para fazer um apanhado sobra a história da música jamaicana. Ela que perpassa por outros estilos musicais que não só o ska, o reggae, dub e o dancehall, mas também integra a pauta política.

Será feito um amplo panorama acerca do histórico da música jamaicana, isso feito em oito núcleos, onde os mesmos demonstram por meio de um olhar político, social e cultural indo ao encontro com o fato de como a produção musical que é feita no País influenciou nessa história de autoafirmação. Além disso, também foram feitas pesquisas pelo núcleo da mostra acerca da integração da música jamaicana no cenário musical brasileiro.

Uma das ideias do curador, Sébastien Carayol, é que se desmistifique o que já se tem formado sobre a música jamaicana, partindo de um ponto, onde existe muita história para se contar além daquelas já conhecidas, principalmente marcadas pela figura de Bob Marley. O ideal é que se conte a história do ponto de vista da própria Jamaica, tornando a exposição mais autêntica.

Para dar vida à exposição e ilustrar o patrimônio da música jamaicana, há fotografias, capas de discos, instrumentos musicais, folhetos, materiais gráficos das festas de rua, documentos, áudios e imagens de coleções particulares e instituições.

Informações:

Início: 15 de março até 26 de agosto

Local: Sesc 24 de maio

Dias: terça a sábado, das 9h às 21h; domingos e feriados, das 9h às 18h

Entrada Franca.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas