Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

O Exército brasileiro, sua alta cúpula, mais uma vez demonstrou a sua face golpista. Nessa terça-feira, dia 9, o site da instituição divulgou uma matéria, publicada originalmente pelo jornal Valorum dos principais porta-vozes dos capitalistas internacionais,  na qual se comemora a possibilidade de prisão do ex-presidente Lula.

No texto, divulgado pelas forças armadas, há uma relação entre a prisão de Lula com o “bom humor” dos agentes financeiros internacionais. De acordo com a matéria, a condenação e a prisão de Lula é algo que irá agradar os grandes financistas e especuladores estrangeiros, “o mercado está em festa diz o texto”, abrindo caminho para que a política de “reformas”, de corte de investimentos públicos e de ataques aos direitos dos trabalhadores seja feita de maneira ampla e sem qualquer empecilho.

Ainda de acordo com o texto, a “grande expectativa dos mercados” é a vitória de um candidato de centro-direita nas eleições de 2018, por isso a vibração dos abutres estrangeiros com a possibilidade de prisão do ex-presidente Lula.

Ao dar destaque para uma matéria favorável aos maiores lacaios e ladrões do patrimônio público brasileiro, que são os grandes banqueiros e especuladores estrangeiros, o Exército não só se revela abertamente golpista, como inclusive uma instituição, ao menos seus principais setores, seu comando, totalmente anti-nacionalista, voltada para atender os interesses daqueles que estão roubando todo o patrimônio brasileiro, um exército vende-pátria, conchavado com os piores inimigos do povo brasileiro, os monopólios imperialistas.

É preciso deixar claro que essa atitude das forças armadas é mais uma ameaça contra todo o povo brasileiro, ao se posicionar ao lado do imperialismo, dos donos do golpe, o exército se coloca contra o povo e todos os seus direitos. Esse posicionamento contra Lula é mais um indício, dentre os inúmeros que houveram nos últimos meses, de que os chefes militares estão preparando o golpe militar.

Na última semana, uma denúncia tornou público que as forças armadas estão espionando 87 organizações da Frente Brasil Popular. Uma ação ilegal e arbitrária, típica de um regime ditatorial. Nos últimos meses diversos exercícios militares, além de várias intervenções das forças armadas na ruas das principais cidades do paí, passaram a colocar toda a população sob ameaça desse aparato extremamente repressor e violento do estado.

É preciso denunciar o caráter golpista do exército, a constante ameaça e perseguição do seu alto comando contra o povo e suas organizações, e não se intimidar. Denunciar o golpe militar e no próximo dia 24 organizar caravanas de todo o país, de todas as regiões para ocupar Porto Alegre e impedir a condenação de Lula.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas