Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Durante operação neste último dia 2, em uma favela de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, foram distribuídos gibis para as crianças, com a história do “Recrutinha”, personagem criado pelo Exército. Também foram atirados panfletos por toda a comunidade, do alto de um helicóptero, com o número do disque-denúncia.

Na história, um garoto pede ajuda ao Exército para derrotar monstros vermelhos. A edição é, originalmente, de 2013, e supostamente faz alusão ao Comando Vermelho, mas é um ataque contra as organizações de esquerda e aos “comunistas”, que tanto amedrontam a mente dos militares, ainda presas no período da Guerra Fria.

A ação faz parte da estratégia dos militares golpistas para “ganhar a confiança da população”, tarefa que já fracassou miseravelmente antes mesmo de começar, já que é muito difícil confiar em alguém que usa extrema violência contra seus amigos e familiares, e acham que por estarem portando fuzis de alto calibre, podem fazer de tudo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas