Roubo de dinheiro público
Frederick Wassef, ex-advogado de Jair Bolsonaro e Flávio Bolsonaro vira réu por peculato e lavagem de dinheiro em esquema de quase 5 milhões.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Wassef e Flávio Bolsonaro
Frederick Wassef e Flávio Bolsonaro | Foto por: reprodução.

O advogado, Frederick Wassef, ex-advogado do presidente ilegítimo Jair Bolsonaro e de Flávio Bolsonaro, virou réu em por peculato (desvio/apropriação de dinheiro público) e lavagem de dinheiro após investigação do Ministério Público Federal (MPF)

Wassef, teria participado de um esquema junto com outros advogados, com o ex-presidente do Sesc-RJ, Orlando Diniz e com o deputado Marcelo Cazzo, que teriam desviado cerca de 4,6 milhões de reais dos Sesc, Senac e Fecomércio do Rio de Janeiro entre os anos de 2016 e 2017, e teria ficado com cerca de 2,68 milhões de reais.

Wassef, ficou “conhecido” no cenário nacional meses atrás, quando a polícia civil de São Paulo encontrou em um endereço de sua propriedade o ex-assessor, Fabrício Queiroz, o centro do esquema das “rachadinhas” da família Bolsonaro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas