Crise social
Wisconsin já se encontra em estado de emergência devido aos protestos contra a tentativa de assassinato de um jovem negro por parte da polícia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
protest-wisconsin
Protestos próximo ao local onde Blake foi atingido com os sete tiros da polícia. Kenosha, Wisconsin | Foto: Carlos Ortiz/The New York Times

Em meio a uma onda de protestos gerada após o alvejamento de um jovem negro no condado de Kenosha, nos EUA, com sete tiros da polícia, o governador de Wisconsin declarou estado de emergência para procurar conter o que ele classificou como “vandalismo” e “saques.

Os protestos já se espalham pelo país inteiro, desde Nova Iorque, passando por Portland e chegando a Oregon.

O jovem que foi baleado, chamado Jacob Blake, se encontra ainda vivo, porém está paralisado da cintura para baixo. Segundo os advogados de Blake, ele levou os tiros da polícia na frente de seus filhos pequenos, enquanto separava uma briga entre duas mulheres na rua.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas