Denúncia do governo chinês
Porta voz do governo da China lembra milhares de mortos pelos ataques liderados pelos Estados Unidos nos últimos 19 anos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
In this Monday, Oct. 8, 2012 photo, a man walks near a logo at a R&D center of Huawei Technologies Inc. in Wuhan, in central China's Hubei province. Eager to expand in the United States, China’s biggest technology companies face American anxiety about security and rising Chinese competition. (AP Photo)  CHINA OUT
Gigante tecnológica chinesa | Foto: AP Photo

O governo chinês denunciou os Estados Unidos de serem “o principal violador de direitos humanos no mundo”. A denúncia vem da porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da República Popular da China, Hua Chunying.

A declaração de Pequim acontece após os EUA imporem novas restrições de visto a funcionários de empresas do ramo tecnológico da China, entre elas Huawei, sob a acusação de violação dos direitos humanos.

Em sua fala, Chunying lembrou a liderança dos Estados Unidos nos ataques lançados pelo imperialismo contra povos de nações atrasadas desde 2001 contra Afeganistão, Iraque, Líbia e Síria, matado pelo menos 800.000 pessoas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas