Pirataria moderna
O imperialismo tenta destruir a Venezuela de todas as formas, para matar seu povo de fome, sem recursos básicos se for preciso
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
9182985_0_531_7000_4469_1200x0_80_0_1_562b97338e788b5a6878b155f327daeb (1)
AFP 2020 / Jim Watson e Federico Parra |

O governo de Nicolás Maduro,  denunciou neste domingo (24) a venda ilegal da empresa Citgo Petroleum, subsidiária nos Estados Unidos da estatal Petroleos de Venezuela (PDVSA), pela decisão judicial do tribunal norte-americano do distrito de Delaware, em mais uma ação que constitui um ato de “Pirataria moderna” do imperialismo.

O Ministério das Relações Exteriores da Venezuela rejeitou a ação do Tribunal Distrital de Delaware, que emitiu uma decisão ordenando a venda judicial das ações da estatal venezuelana pertencente à PDV Holding, empresa de propriedade da PDVSA. Segundo o Ministério esta decisão expressou a existência de um plano do governo dos EUA para confiscar os ativos da PDVSA nos Estados Unidos, em uma guerra aberta, comercial e física. 

“A Venezuela denuncia a decisão do Tribunal Distrital de Delaware, EUA, sobre a venda judicial das ações da empresa Citgo, de propriedade da PDVSA, depois de realizar um ato de pirataria moderna por meio de um processo que não tem legitimidade” , expressou o chanceler Jorge Arreaza em um tweet.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas