EUA retiram todos os diplomatas da Venezuela, após Maduro e o povo os expulsarem

home

Da redação – Os EUA retiraram os seus diplomatas da Venezuela nesta quinta-feira (14).

Nenhum diplomata permaneceu na embaixada em Caracas e já estão fora do país, disse o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

Na última terça-feira (12), o governo venezuelano comunicaram o encarregado de negócios dos EUA, James Story, que tinha 72 horas para deixar o país. Os EUA não tinham embaixador na Venezuela.

Isso por causa das constantes ameaças de intervenção e sabotagem dos EUA contra o país sul-americano, como a invasão encoberta por mentirosa “ajuda humanitária” ou o ataque à rede elétrica na semana passada.